Taaaania @ 11:16

Seg, 11/10/10

É muito in dizer que se adora Lobo Antunes. Eu aqui me confesso que não percebo nadinha do que o velho diz, que nunca consigo passar da primeira página porque morro de tédio e tenho de reler o que ele escreve umas trezentas vezes e mesmo assim muitas vezes fico sem perceber o sentido. (excepção feita às suas crónicas que são deliciosas)

 

 


Tags:


Taaaania @ 13:23

Qui, 22/07/10

Tem sido tanto trabalho, tantas preocupações, tanta coisa para pôr em prática, tantas dores físicas, tanta unhaca partida, tantos dedos pisados, tanto esgotamento, que parece quase impensável que para a semana entro de férias e daqui a um mês estou a entrar por uma igreja dentro para dizer o sim definitivo a um gajo que às vezes me tira do sério. Eu devia estar doida quando me decidi casar. E também devia estar doida quando há dois meses atrás dizia que ainda faltava muito tempo e tinha tempo para tudo e que não estava nada stressada. E ainda nem sequer pus um pezinho na praia. Ninguém merece ser noiva nestas condições.

 

 


Tags:


Taaaania @ 11:32

Qua, 26/05/10

Eu às vezes bem que lhe podia dizer que gosto muito dele. Mas depois não tinha tanta graça.

 

 


Tags:


Taaaania @ 11:57

Dom, 16/05/10

Os melhores posts são sempre aqueles que a maioria não compreende.

 

 


Tags:


Taaaania @ 21:44

Qui, 22/04/10

Ele liga-me quase todos os dias. Quase sempre à mesma hora. E quando não liga eu confesso que tenho saudades. Mesmo quando ele não diz nada de jeito. Que é quase sempre.

 

 


Tags:


Taaaania @ 21:04

Seg, 15/03/10

Se houvesse um curso de sensualidade, aquelas coisas maravilhosas que algumas gajas com pinta que eu não tenho fazem, eu tirava um, a sério. Sou bruta como ninguém.

 

 


Tags:


Taaaania @ 10:59

Seg, 15/02/10

Nunca devemos tomar nada como garantido. Viver de certezas é o maior dos enganos. Mais vale nada esperar, mais vale pensar sempre que nem tudo é perfeito para depois, quem sabe, deixarmo-nos surpreender pela vida.

 

 


Tags:


Taaaania @ 21:25

Qua, 09/12/09

Há pessoas que se abrem desmesuradamente nos blogues. Que lá colocam a vidinha toda e os pensamentos e as intimidades e tuditudo. E eu adoro. Vá, eu confesso.

Mas mesmo que por vezes possa parecer o contrário, como alguém me dizia no msn há uns tempos, sem me conhecer, eu não falo sobre mim, eu falo sobre a minha vida. Porque no meu mundo secreto ainda continua a entrar apenas e só quem eu quero.

 

 


Tags:


Taaaania @ 21:38

Qua, 28/10/09

Já não tenho paciência para ler blogues com posts muito grandes. E tenho ainda menos paciência para escrever posts com mais de 3 linhas.

 

 


Tags:


Taaaania @ 22:04

Sab, 10/10/09

Quando tenho uma conversa séria com alguém, daquelas que começam sempre em tom solene e que normalmente não têm um final agradável, nunca me consigo conter. Quando são planeadas, digo sempre a mim mesma vê lá se te seguras e não deitas pela boca fora realmente tudo em que estás a pensar. Por norma, é sempre tarde demais. No fim dessas conversas o habitual é eu pensar se calhar não deveria ter ido tão longe.

É o que dá pensar que posso sempre dizer e fazer o que quero porque os outros têm a obrigação de me aceitar como eu sou. Ai feitiozinho!

 

 


Tags:


Taaaania @ 21:40

Qui, 03/09/09

Neste momento dava-me jeito uma colocação, já que eu preciso tanto de dinheiro.

Ou então pronto, venha só o dinheiro, caraças.

 

(novidades um destes dias) 

 

 


Tags:


Taaaania @ 22:36

Dom, 23/08/09

Eu queria muito ter vontade de pôr isto outra vez bonito e activo.

 

 


Tags:


Taaaania @ 14:04

Qua, 08/07/09

A vida sem futebol é uma merda.

 

 


Tags:


Taaaania @ 16:58

Qui, 21/05/09

Não sei por que razão as pessoas continuam a tentar contactar-me por telemóvel quando sabem perfeitamente que eu não o uso e até me esqueço que o tenho. Depois queixam-se que eu nunca as atendo...Pfffff

 

 

 


Tags:


Taaaania @ 22:33

Qua, 25/03/09

Deveria haver dias que se pudessem repetir. Do género, ter um daqueles dias perfeitos, repletos de felicidade, e poder escolher acordar no dia seguinte e repeti-lo. Nem que fosse só mais uma vez.

E depois podia haver também a possibilidade inversa: saltar dias no calendário que nos fazem sofrer só por existirem. E banir os que nos correram mal. E corrigir aqueles que ainda tinham margem de progressão para não serem tão maus. E voltar atrás. E colar dias do passado no nosso calendário futuro. Para podermos reviver alguns que nos poderiam voltar a fazer felizes como naquele preciso momento daquele dia inesquecível.

 

 

 


Tags:

mais sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Pessoal porreirinho que já pôs cá os pés
Córaxão?!
Estão nem mais nem menos do que...
online
blogs SAPO