Taaaania @ 11:20

Sab, 30/06/07

Hoje é sábado, portanto significa que é dia de ir à praça com a minha mãe, logo cedo porque ela diz que levantar tarde é sinal de preguiça crónica e não pode ser, não pode mesmo...

Portanto, lá fui eu à praça com ela. Eu sei que o que vou dizer é terrível mas acabei por comprar, nos ciganos, o novo álbum de Pedro Abrunhosa. Dei um euro pela relíquia - se assim não fosse não teria oportunidade de o ouvir tão cedo. Afinal, ainda custa bastante dar quase 20 euros por um CD. E 20 euros já dá para comprar alguns tops bem giros na Bershka (e uma mulher tem que ter prioridades, evidentemente!).

Bem, tudo isto para dizer que o comprei apenas porque já ia "com o cheiro" de uma música que já conhecia. O meu pai vê a telenovela da TVI "Ilha dos Amores". Como, muitas vezes, a essa hora estou no computador, comecei a ouvir aquela música, que o meu pai também adora, e que acompanha uma das personagens da história.

Por isso, comecei a ficar encantada com a música, que é ainda mais fascinante agora que a ouvi na totalidade. Chama-se Ilumina-me e é um hino. Não tenho dúvidas que será o próximo single e, ainda com mais certezas, será o maior sucesso deste disco, porque é simples na sua essência mas profunda e luminosa, capaz de deixar  os amantes ainda mais apaixonados e os solitários com vontade de encontrar um par para partilhar!

Cá fica a letra e, claro, enquanto não houver amanhã, ilumina-me...

 

 

ILUMINA-ME


(Pedro Abrunhosa/ Pedro Abrunhosa)

Gosto de ti como quem gosta do sábado,
Gosto de ti como quem abraça o fogo,
Gosto de ti como quem vence o espaço,
Como quem abre o regaço,
Como quem salta o vazio,
Um barco aporta no rio,
Um homem morre no esforço,
Sete colinas no dorso
E uma cidade p’ra mim.

Gosto de ti como quem mata o degredo,
Gosto de ti como quem finta o futuro,
Gosto de ti como quem diz não ter medo,
Como quem mente em segredo,
Como quem baila na estrada,
Vestido feito de nada,
As mãos fartas do corpo,
Um beijo louco no porto
E uma cidade p’ra ti.

Enquanto não há amanhã,
Ilumina-me, Ilumina-me.
Enquanto não há amanhã,
Ilumina-me, Ilumina-me.

Gosto de ti como uma estrela no dia,
Gosto de ti quando uma nuvem começa,
Gosto de ti quando o teu corpo pedia,
Quando nas mãos me ardia,
Como silêncio na guerra,
Beijos de luz e de terra,
E num passado imperfeito,
Um fogo farto no peito
E um mundo longe de nós.

Enquanto não há amanhã,
Ilumina-me, Ilumina-me.
Enquanto não há amanhã,
Ilumina-me, Ilumina-me.


Tags: ,


Taaaania @ 15:47

Sex, 29/06/07

Como para mim uma promessa é sempre para cumprir, mesmo que às vezes seja difícil, cá vem o cumprimento da minha!

Sei que as centenas de fãs que lêem o meu blog estão ansiosamente à espera das imagens dos gajos bons em trajes menores que eu havia prometido.

Pois cá vêm elas e desta vez, penso eu, muito mais apelativas...

Espero que gostem, amigas!

 

 

 


Tags:


Taaaania @ 18:43

Qui, 28/06/07

Para daqui a um dia e um mês.

O quê?

AS FÉRIAS... Meu Deus, ainda falta tanto...

Gosto muito do que faço. A convivência com os "miúdos" preenche-me muito e faz-me sentir bastante realizada. Mas um ano inteiro a "aturar putos birrentos" não é tarefa fácil e chega-se a um ponto em que é complicado pensar / falar / ouvir / ler...

Acho que estou de rastos. E a precisar das tão ansiadas férias que (que horror!) só chegam daqui a um mês e um dia.

As últimas férias que tive foram as piores da minha vida: não tive tempo para mim, para o meu mundo e o meu espaço e ainda tive de me desdobrar em sete ou oito tânias. Já para não falar na angústia incessante em que vivi. Tinha tantos planos e tudo se virou contra mim.

Por tudo isto, até tenho medo de fazer planos para este Verão. Talvez seja melhor viver o dia-a-dia e esperar que as coisas aconteçam por si.

Quanto mais não seja, as praias de Espinho ou de Silvalde ou de V.N.Gaia estão sempre lá à minha espera.

E tudo parece fácil, agora que todos à minha volta estão bem. Desde que a companhia seja boa, até ficar em casa à sombra com um livro e um sumo de morango parece, neste momento, um cenário idílico...   


Tags:


Taaaania @ 14:18

Qua, 27/06/07

 

www.youtube.com/watch?v=Xahir0i2tVo&NR=1

 

é lindo...

 


Tags:


Taaaania @ 18:53

Seg, 25/06/07

Ontem fui à Fnac com o meu love (ele já está a merecer que eu volte a falar dele novamente, né Ric?) para descobrir algum livro interessante inspiratório para os Clubes de Verão. No entanto, saí sem livros mas trouxe o belo Cd dos novos talentos Fnac 2007.

Para quem se interessa por estar "sempre à frente" no que diz respeito a novidades musicais, tem aqui uma bela oportunidade de brilhar. E são várias as razões para que eu vos aconselhe a comprar esta pérola da nova música nacional:

1º - é o Cd mais barato da história, porque só custa 3 euros;

2º - os 3 euros revertem totalmente para a Ami, no seu combate à info-exclusão dos mais desfavorecidos que não têm acesso às novas tecnologias;

3º - dá oportunidade a estas novas bandas portuguesas de exporem os seus trabalhos que ainda não têm edição;

4º - a maioria das bandas inseridas neste projecto - se não mesmo toda a sua totalidade - merecem realmente esta edição porque a música é brilhantemente talentosa.

Chamo especial atenção para as interpretações femininas, caso de Rita Redshoes (que tem tocado ultimamente com David Fonseca!), Ana Free (que tem das vozes mais interessantes que ouvi nos últimos tempos), Deolinda (que canta fado progressivo) e Rita Braga. A banda que me parece que irá fazer mais sucesso será Macacos do Chinês, que são PODEROSOS!

Quase todos eles têm um cantinho no my space, por isso visitem, já que não me é possível colocar no blog estas músicas.

 

Juntem o útil ao agradável e ajudem os mais pobres, ao mesmo tempo que se instruem musicalmente :)


música: Ana Free, 20 days
Tags:


Taaaania @ 10:17

Sex, 22/06/07

A sugestão para este pré-fim-de-semana é ouvirem a nova música de Jorge Palma Encosta-te a mim...

Tenho a certeza que permanecerá como uma bela jóia da música portuguesa durante muito tempo!

Esta semana, o cantor gravou o videoclip desta canção, onde irão aparecer inúmeros nomes reconhecidos da nossa praça, entre eles o meu lindo David Fonseca.

Cá fica uma foto da gravação desse disco.

E aqui vai a letra da música fantástica:

Encosta-te a mim
Encosta-te a mim, nós já vivemos cem mil anos
encosta-te a mim, talvez eu esteja a exagerar
encosta-te a mim, dá cabo dos teus desenganos
não queiras ver quem eu não sou, deixa-me chegar.

Chegado da guerra, fiz tudo p´ra sobreviver
em nome da terra, no fundo p´ra te merecer
recebe-me bem, não desencantes os meus passos
faz de mim o teu herói, não quero adormecer.

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim.

Encosta-te a mim, desatinamos tantas vezes
vizinha de mim, deixa ser meu o teu quintal
recebe esta pomba que não está armadilhada
foi comprada, foi roubada, seja como for.

Eu venho do nada porque arrasei o que não quis
em nome da estrada onde só quero ser feliz
enrosca-te a mim, vai desarmar a flor queimada
vai beijar o homem-bomba, quero adormecer.

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, um dia hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim.


Jorge Palma, in Voo Nocturno
Quanto ao álbum, ainda temos de esperar até Abril para o ouvir na totalidade. Mas há esperas que valem a pena...

Tags:


Taaaania @ 20:13

Qui, 21/06/07

Agora que tenho o poder de escrever/ dizer aquilo que bem me apetece, sem que haja represálias contra, posso muito bem fazer valer aqui os "esquecidos" direitos da mulher.

Já repararam na quantidade de revistas masculinas que expõem mulheres semi-nuas (ou quase)? E programas de TV? E jornais? E blogs? E sites?

Pois bem :) ...

Chegou a hora da Revolução. Como mulher, exijo os mesmos critérios e, pelo menos neste meu mundo, cá vêm alguns bons nacos de carne, dos quais não sei os nomes... mas também, quem é que se vai interessar por isso?

 

P.S. Não tive tempo de continuar a minha pesquisa: só encontrei ou figuras famosas, ou homens mesmo nús; e isto não pode ser um antro de perversão (que eu sou uma rapariga católica...). Mas prometo que vou retomar este tópico e colocar aqui mais material de qualidade... Ficamos por agora só com este bébé!

Se quiserem enviar sugestões estão à vontade...

 


Tags:


Taaaania @ 19:23

Qui, 21/06/07

Não, não vou dissertar acerca das capacidades de condução das mulheres e muito menos as vou comparar com as dos homens.

É verdade que os homens, por norma, conduzem melhor do que as mulheres, embora arrisquem mais e, por isso, também corram mais riscos. Eu até admito.

No entanto, também é verdade que existe agora uma nova vaga de mulheres que fazem ver a muitos homens: respeitadoras íntegras do código e conhecedoras reais dos sinais, regras e prioridades de trânsito.

Hoje, durante a hora de almoço, fui testemunha de um acidente mais do que parvo entre um homem (que se dizia o supra-sumo dos volantes) e uma jovem condutora. Tudo isto no parque de estacionamento do Lidl, onde fui comprar detergente para lavar à mão - mais um dos recados que a minha mãe não perdoa...

Então o respeitável senhor, ao sair do seu lugar de estacionamento, no seu maravilhoso mercedes preto, esqueceu-se de olhar para a direita quando ia a sair, de onde vinha a jovem no seu velho renault clio.

Como devem imaginar, tudo seria fácil de resolver se o respeitável senhor admitisse a culpa da batida que, felizmente, só partiu a óptica direita do maravilhoso mercedes preto enquanto o velho Renault Clio não foi afectado.

Todavia, o respeitável senhor quis convencer a jovem condutora de que a regra da prioridade da direita não se aplicava aos parques de estacionamento.

A jovem condutora viu-se, assim, obrigada a chamar os agentes da autoridade porque o respeitável senhor queria que a jovem lhe pagasse o farol do seu maravilhoso mercedes preto.

O final da história não sei porque, entretanto, não tive tempo de ficar a ver a cena patética até ao final. Mas posso imaginar...

Agora se quiserem completar o provérbio do título, tudo bem! Mas tenho as minhas sérias dúvidas...


Tags:


Taaaania @ 17:45

Qua, 20/06/07

O raio de sol da tarde

que uma janela perdida

reflectiu

num instante indiferente -

arde,

numa lembrança esvaída,

à minha memória de hoje

subitamente...

Seu efémero arrepio

zig-zagueia, ondula, foge,

pela minha retentiva...

- E não poder adivinhar

porque mistério se me evoca

esta ideia fugitiva,

tão débil que mal me toca!...

- Ah, não sei porquê, mas certamente

aquele raio cadente

alguma coisa foi na minha sorte

que a sua projecção atravessou...

Tanto segredo no destino duma vida...

É como a ideia de Norte,

preconcebida,

que sempre me acompanhou...

 

 

 

Mário de Sá Carneiro

 

 

P.S. Este post é dedicado a s. maggie, que bem está a precisar de um raio cadente...




Taaaania @ 10:38

Ter, 19/06/07

No último fim-de-semana, fui ao cinema. Não é muito habitual ir ver este género de filmes, mas a oferta de mercado está escassa de boas histórias.

Fui ver o filme "Jogos de infidelidade"! (mesmo que à partida já soubesse qual ia ser o final desta linda história!)

 

A verdade é que o filme, em alguns momentos, chega a roçar o brilhantismo de tão real que se apresenta. Não são poucos os momentos em que avaliamos a nossa própria vida espelhada naquelas duas histórias. Histórias essas que não são simples embróglios para que o "happy ending" satisfaça o espectador.

É certo que, a partir do meio do filme, toda a gente já sabe que, de alguma forma, "a coisa" vai dar uma volta e todos vão ser muito felizes.

Mas a ilusão de que a nossa vida, um dia, também se vai resolver com aqueles pozinhos de perlimpimpim faz com que, à saída, a nossa alma pareça mais leve.

Por isso, recomendo que todos o vão ver, nem que seja para perceberem que não são só vocês que têm problemas amorosos demasiado complicados de se resolverem por si.

E a mensagem final é...

Vale sempre a pena lutar pelo amor, mesmo quando ele parece irremediavelmente perdido...

 

 

 

P.S. O momento alto do filme foi quando a cabeça loira que estava sentada ao meu lado, durante a apresentação do novo filme da Michelle Pfeifer, disse para o namorado: "Aquela é a gaja do CSI, não é?"


Tags:


Taaaania @ 21:25

Seg, 18/06/07

Quem me conhece, neste momento, deve estar a pensar: "Naaaaaaaaaaaah!"; esta não é a Tânia-tótó-dos-computadores que eu conheço. Eu própria reconheço que me surpreendi com esta minha decisão. Mas também, de vez em quando, é saudável fugirmos dos nossos próprios padrões.

Enquanto esta febre durar, espero manter a coragem e a força de vontade para manter este meu pequeno mundo actualizado e minimamente interessante.

E, é claro, pelo menos o Ricardo há-de vir aqui de vez em quando para ver se eu já arranjei um jeitoso melhor que ele!


sinto-me:

mais sobre mim
Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
23

24
26


Pessoal porreirinho que já pôs cá os pés
Córaxão?!
Estão nem mais nem menos do que...
online
subscrever feeds
blogs SAPO