Taaaania @ 11:25

Seg, 03/09/07

Normalmente a sociedade tem algumas reticiências em aceitar as mulheres bonitas como possuidoras de talento e inteligência. Aos olhos do mundo, uma mulher ou é bonita e boa, com todos os predicados ou é inteligente mas feia como uma velha cheia de verrugas. É praticamente impossível aceitar que uma mulher bonita seja capaz de manter uma conversa interessante sem falar de roupa, acessórios ou maquilhagem. E as inteligentes têm o espírito tão livre que não pensam no aspecto físico, com medo de verem o seu talento intelectual diminuído. Estes preconceitos, reconheço, são formados sobretudo pelas mulheres. As feias dizem que as bonitas são burras -  para não se sentirem ameaçadas. As bonitas atacam as inteligentes, dizendo que os homens mais giros preferem as jeitosas. Será? Bem, os argumentos esgrimem-se e o certo é que nunca haverá consenso neste assunto.

 

Mas há excepções. E das boas. Que nos fazem ver que isso é só conversa. Cá está uma. Já foi modelo, é linda e maravilhosa, canta que se farta e ainda diz umas coisas interessantes.

 

 

Carla Bruni, Tout le monde


mais sobre mim
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12

17
21
22

23
24



subscrever feeds
blogs SAPO