Taaaania @ 14:27

Dom, 30/09/07

Eu tenho dois cães. E já tive gatos. Com os cães, o máximo que consigo fazer é chamá-los quando andam à solta e eu os quero colocar nas casotas. Eles até obedecem... Sobretudo quando já estão cansados de tanto correr e querem é que eu os deixe em paz!

A minha cadela também faz a habilidade de, quando eu lhe digo para ela ir ver quem é, ela corre pelas escadas abaixo à procura de alguém (este foi o único truque que eu a ensinei a fazer!) De resto, é só mimo...

Quanto aos gatos, apenas os ensinei a usar a caixa de areia. E o Kiko, a dada altura, fartou-se da caixa e começou a utilizar os vasos das plantas - lá devia achar que a terra era mais fofinha...

 

Mas com um porco, nunca pensei que se pudesse ir tão longe!

 

Depois de ter visto Um porquinho chamado Baby e a(s) respectiva(s) sequela(s), A teia de Carlota e esta maravilha, não sei se me apetece continuar a comer carne de porco. É que ele abana o rabo e tudo como um cão, para demonstrar satisfação!
Da próxima vez, no mínimo, tenho de imaginar que estou a comer um porco parvo, pouco habilidoso e daqueles que só comem e dormem todo o dia...

 


sinto-me:

mais sobre mim
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12

17
21
22

23
24



subscrever feeds
blogs SAPO