Taaaania @ 11:45

Qua, 17/09/08

É mais ou menos nesta altura que costumo repensar a minha vida. Isto de se viver com a cabeça atolada de sonhos e projectos ainda não concretizados normalmente dá nisto. O regresso das férias leva sempre a pensar no que virá depois. Mas nem sempre o depois corresponde às expectativas.

 

É como aqueles momentos em que damos por nós a pensar nas decisões que fomos tomando, e aquelas que temos vindo a adiar ao longo dos tempos. Em determinados momentos da nossa vida, somos obrigados a fazer escolhas. Às vezes parecem ser tão simples que nem reflectimos nelas. Escolhemos e pronto. Ainda bem sem a noção de que aquela decisão pode ser a decisão da nossa vida. E parece incrível mas as mais simples são as mais determinantes.

 

Eu sou uma adiadora de decisões nata. Sempre sob a capa do eu-sou-uma-pessoa-cheia-de-certezas-e-decidida-até-dizer-chega-que-as-indecisões-não-servem-para-mim, tenho andado constantemente a adiar a minha vida e os meus sonhos. E digo aos outros: tu vais ver, este ano é que é! Não acreditas?

 

E depois vêm as desculpas que dou a mim mesma: agora não podia ser porque isto, ou porque aquilo, hoje não esteve sol, era de todo impossível, amanhã vou estar deprimida, não dá na mesma.

 

Mas o tempo vai passando. E a minha vida continua parada. À espera daquelas duas ou três decisões que eu lhe tenho prometido há tanto tempo. À espera do dia de sol perfeito, ou então daquela chuva inesperada, ou daquele clic, ou daquele incentivo da vida. Será?!...

 

 



mais sobre mim
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

14
16
20

22
24
26
27

28
29
30


subscrever feeds
blogs SAPO