Taaaania @ 22:05

Ter, 14/10/08

A minha família é a maior. Quando achamos que mais nada mau pode acontecer, lá cai outra bomba. Ainda há aquelas que não podemos controlar. Mas depois vêm estas. Que destroem muito do que vai à volta.

 

Senão vejamos: como é que se consola uma tia de quarenta e tal anos que ficou a saber que o filho de vinte engravidou uma miúda? Que não têm trabalho, que a chavala até vive sozinha num quarto porque os pais são de uma terreola qualquer longe do mundo civilizado? Que está na boa, como se nada fosse. Que ainda não deve ter percebido bem que daqui por poucos meses tem a maior das responsabilidades do mundo a seu cargo e que parece que nem está para aí virado. Como disse, parece que é só uma gravidez.

 

E a catraia está muito feliz, palavras dela. Parece que engravidou à rebelia do namorado e só lhe disse já passados três meses. Porque ele é o homem da vida dela e não o quer perder, mesmo que ele não esteja tão apaixonado como ela. Mas também disse logo muito rapidamente que nunca faria um aborto porque a mãe é muito católica e nunca iria fazer uma coisa dessas. Será que ela nem sequer consegue imaginar o que a espera?! O futuro brilhante que tem pela frente?! Nem dela sabe tomar conta, quanto mais de uma criança... Eu não sabia que o mundo estava assim tão... Pronto, vá, pelo menos só desconfiava...

 

Bem, é o que eu vos digo. Este ano tem sido profícuo em acontecimentos bons na minha vida. E a minha família é mesmo fixe e a vossa não...

 

 



mais sobre mim
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
17

19
22
23
25

26
28
29
30


subscrever feeds
blogs SAPO