Taaaania @ 14:40

Ter, 05/08/08

A vida tem destas coisas. Às vezes aproxima-nos de pessoas improváveis, daquelas que nós nunca esperaríamos. Outras, afasta-nos daquelas que mais nos preenchem o coração. A vida tem-me feito muitas destas ultimamente. Algumas, acabam por ser também vontade minha. Outras, são perdas dolorosas, que nos vão queimando. Outras, nós nem queremos acreditar que estamos a perder. E algumas percebemos que nunca tivemos. Porque, na verdade, nunca nos pertenceram.   

Mas há aquelas que a vida nos rouba apenas porque sim. Talvez não tenha mais ninguém para se divertir, e se divirta assim a afastar pessoas especiais da vida de cada um de nós.

 

A distância tem-nos afastado. A vários níveis. Não tenho a certeza que continuas a cá vir. Mas no fundo tenho. Porque sei que nunca me abandonarias. Mesmo que a vida se esforce por nos afastar. Por isso Parabéns. Porque continuo a pensar muito em ti. E a gostar também. E porque mesmo agora, que as forças me têm faltado um pouco, caminhar contra a distânica é sempre preciso.

 

 

P.S. Este ano não coloco foto porque agora sou famosa. E não me posso expor desta maneira :) ...

 

 

 



Dani @ 14:56

Ter, 05/08/08

 

Minha querida...
Mandei-te um mail, partilhei-o contigo e, se achares bem, gostaria de o partilhar com todos aqueles que te visitam (e sei que são muitos!!), para mostrar o meu amor na nossa amizade...

«Olá, minha Tânia linda!

Nem sei bem como começar, não sei tão pouco o que te dizer, quando, na verdade, tenho tanta coisa para te transmitir...(Não queria ser lamechas...).

Há um ano atrás, fizeste-me uma bela surpresa, uma das mais bonitas declarações de amizade que eu já recebi. Choro, não consigo conter, todas as vezes que a leio (sou muito sensível ;) ). E leio-a com bastante frequência, tal como «espreito» quase todos os dias o teu «mundosecreto». Não é uma forma de «voyeurismo», simplesmente me faz sentir mais próxima de ti, dos teus gostos, das tuas alegrias, das tuas tristezas, da tua vida.

Recebi, há uns meses, uma notícia que desmoronou o teu mundo, o real!, e de certa forma o meu também. Foi-me impossível estar fisicamente contigo e isso pesa-me até hoje. Pesa-me também o facto de não ter tido a coragem de pegar na porcaria do telemóvel e dizer-te apenas um olá, dizer-te que tudo iria ficar bem, dizer-te que gosto muito de ti... Tive várias oportunidades, não as aproveitei e não te sei explicar bem porquê.

Hoje és tu quem está de parabéns (e não te preocupes, não vais ficar mais velha um ano)! Foste tu quem me deu uma grande lição de vida (sem moralismos). Tu é que és uma pessoa especialíssima para mim! Mereces todos os presentes (materiais e não só) e todas as flores deste mundo! Todos os sorrisos, todos os abraços, todos os beijos...

Perdoa a minha ausência... Tenho-te sempre nas minhas lembranças, no meu pensamento, no meu coração! Sei que não é suficiente...

Beijinho com muitas saudades,

Daniela»

Café e Chocolate @ 21:25

Qua, 06/08/08

 

Um comentário que me embaciou os olhos... o da Daniela! Sou uma lamechas do caraças!

(Simplesmente... lindo!)

vidaeglória @ 12:38

Seg, 25/08/08

 

Rapariga sabes tocar no coração das pessoas....parabens....ta lindo...

mais sobre mim
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30



blogs SAPO