Taaaania @ 20:38

Seg, 30/11/09

Quando ele está triste, eu também fico. E doem-me as suas desilusões. Portanto, quando ele tem vontade de furar os pneus a uma certa #$?#"$&% que se lhe atravessa no caminho, a minha obrigação é pregar-lhe uma rasteira para ela se espalhar ao comprido e partir os molares. Ou então dar-lhe um prego para lhe furar os pneus. Ou ainda fazer com que ele brilhe e ela engula cada pedacinho de merda que lhe faz. 

 

Alguma destas há-de ser.

 

 



mais sobre mim
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
19
20
21

23
24
25
26
27

29


blogs SAPO