Taaaania @ 12:35

Ter, 01/01/08

Enviaram-me por mail e eu não resisti... Peço ajuda a todos os meus queridos: VAMOS-ENGORDAR-A-PARIS-E-FAZÊ-LA-AINDA-MAIS-PARVA-DO-QUE-A-MOÇA-JÁ-É...

 

 

 

Pronto, é o meu lado menos bom a falar... Mas os cachorros têm graça...

 

 

Apenas um Post Scriptum para dizer que o meu Reveilhão foi bem porreirinho: a dois, em frente a uma lareira, cheia de iguarias (entenda-se: camarões; é favor ler um posts mais abaixo!), jogos dos quais saí vencedora (tinha de ser, tinha mesmo de me vangloriar!), um espumante de frutos e uma bela mantinha... Ahhhhhhhhhhh vida boa...

 

 

Um segundo Post Scriptum para dizer que não havia uvas passas. Mas brindei com pinhões... Deve dar no mesmo, não deve?!?!?!?!

 

 


Tags: , ,


Taaaania @ 17:41

Qui, 22/11/07

 

 

Dá-me um pontapé...

 

 

Ah! E claro, vão deixando os resultados dos vossos pontapés nos comentários... a ver quem ganha o concurso: vamos-mandar-o-sócrates-para-um-sítio-onde-ele-perceba-que-a-vida-do-pessoal-deveria-ser-levada-um-bocadinho-mais-a-sério...

É de avisar que a fasquia já vai alta, já consegui 72609metros... Onde será que ele está agora?!?!?!?

 


Tags: ,


Taaaania @ 16:32

Sab, 13/10/07

A noite de ontem foi memorável. E foi memorável a vários níveis. Alguns não interessam aqui para nada, apesar de se calhar serem mesmo os mais interessantes...Mas adiante, esses são secretos!

Ontem fui convidada para uma sessão de jogos caseira. Fazer noitada a jogar monopoly?! Pensei eu, porque não? Há tanto tempo que já não jogava aquilo, aliás já foi há tanto tempo que já nem me lembrava das regras e até acho que em algumas fui mesmo indrominada...

O meu parceiro de jogo é aquilo a que se pode chamar um "fala-barato-que-tem-a-mania-que-me-pode-vencer-mas-que-depois-leva-sempre-uma-abada-das-piores"... Mas ainda não aprendeu e continua a convidar. Não me lembro de um único jogo que ele me tenha ganho: desde as cartas, ao draga-minas, ao mikado ou à batalha naval, eu saio sempre com aquele sorrisinho de "mete nojo" que ele tanto detesta... E ontem não foi excepção!

Confesso que comecei a ver a coisa um bocado parda para o meu lado, porque fui sem qualquer exagero parar à prisão pelo menos umas dez vezes, sem contar com as outras tantas em que caí nas estações (a única coisinha de jeito que ele comprou!) e em que tive mesmo de hipotecar algumas das minhas propriedades menos importantes! E eu a pensar: tu queres ver que é desta que eu vou perder?!...

 

Mas não, isso seria impossível! 

Pronto, digamos que acabou assim:

 

Estão a ver as casinhas e os hotéis? Tudo meu... Nem precisei de exagerar!

Estas foram as propriedades que me valeram esta vitória esmagadora (sublinho novamente que é mais uma das já muitas conquistadas):

 

 

E o meu dinheirito (tantas notinhas cor-de-rosa)...e o meu pé...

 

 

No final, lá tive direito a um prémio de consolação, que seria meu de qualquer maneira, mas pronto... a malta faz de conta...

 

 

 

Eu tinha ainda uma foto do derrotado, mas ele proibiu-me de a publicar... Homem que é homem nunca admite publicamente que leva uma abada de uma mulher...

Ah! E reparem na unhaca... Hoje de uma cor diferente... Os meus três leitores do costume percebem do que estou a falar...

 

 


Tags:


Taaaania @ 12:31

Qua, 29/08/07

Para quem não fuma, não bebe, não é viciada na noite embora goste de ir a um barzinho com os amigos, eu tinha que ter algum defeito. E o meu novo vício é...

SHANGhAI

Ando desinspirada para manter o blog interessante. Por isso, agora, virei-me para o Shangai que é uma coisa completamente horrorosa. Às tantas, até começo a trocar os olhos com tantas peças, cores, números e raciocínios. E depois, tal como os drogados ou os fumadores, começo a repetir a mim mesma "é só mais uma vez"; "desta é que é mesmo a última" e passada uma hora ou duas ainda estou naquilo.

Ora, isto começa a ser um tanto ou quanto problemático. A primeira página da net que abro é a dos jogos, para procurar o link desta obsessão. Comecei por ser viciada numa outra variedade - o Majhong Connect - que talvez seja mais interessante porque se vão passando níveis. Mas já cheguei ao fim. Não é nada desafiante. Chega-se até oito níveis - acho que é o máximo, se não me engano, e dizem-te que não há mais jogadas possíveis. E eu fiquei a olhar uns bons minutos para o ecrã, à espera da minha recompensa. A taça, os simples 'congratulations', uns aplausos mas NADA... Simplesmente o jogo acaba e a sensação é frustante.

Depois lá tentei o Shanghai. Nunca cheguei ao fim. Nunca passei de nível. Nem sei se aquilo tem níveis. Mas acho que não. Quando me faltam sempre poucas peças, passa-me sempre uma coisinha má pela cabeça e não estou para pensar muito na coisa - caio sempre na tentação do RESTART porque chego a ter raiva de mim mesma por estar a dedicar tempo a pensar numa táctica que depois não resulta.

E portanto, isto deve poder ser considerado o meu vício. Único e simples. Típico de uma rapariguinha ajuizada.

Qualquer dia destes, tenho de criar um grupo de auto-ajuda. Ainda não deve haver nenhum. Para quem não conhece ou para aqueles que poderão estar interessados em se juntar a mim nesta luta contra o vício, cá fica o link do joguito... E já sabem, pensem no vosso futuro e se já tiverem outros vícios, não se atrevam a escolher mais um. É que isto é do caraças...

 

 

Shanghai

Shangai: Agrupa as imagens correspondentes.


Tags: , ,

mais sobre mim
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Pessoal porreirinho que já pôs cá os pés
Córaxão?!
Estão nem mais nem menos do que...
online
subscrever feeds
blogs SAPO